Cursos

QUADRO COMPL. EXÉRCITO-ÁREA DIREITO

Código: 11171

Tipo: Curso Completo | Presencial — Unidade Centro - RJ

Descrição: O curso montado está voltado para candidatos de ambos os sexos com graduação em Direito e com o máximo de 36 anos de idade, que estão interessados a concorrer por uma vaga ao curso de formação de oficiais do quadro complementar do Exército. Venha se preparar conosco e garanta sua vaga, seja mais um aprovado!

Disciplinas: PORTUGUÊS (16h), DIR. CONST. (40h), D. TRIBUTÁRIO (16h), D. ADM. (32h), D. PENAL (16h), GEOGRAFIA (16h), D. CIVIL (32h), D AMBIENTAL (12h), DIREITO PROCESSUAL CIVIL (16h), D. PROCESSUAL PENAL (12h), HISTÓRIA DO BRASIL (16h), DIREITO PENAL MILITA (32h), DIREITO DO TRABALHO (32h), DIREITO PROCESSUAL P (16h), DIREITO PROCESSUAL T (8h), DIREITO INTERNACIONA (8h), DIREITO INTERNACIONA (8h)

+ Ver Conteúdo Programático

Carga Horária: 328

Turma e Horário

Sáb
8h30 às 19h15
Inicio: 04/11
12× R$ 150,91

Total R$ 1.810,87



Opções de Parcelamento:

1x R$ 2.586,96
2x R$ 1.293,48
3x R$ 862,32
4x R$ 646,74
5x R$ 517,39
6x R$ 431,16
7x R$ 369,57
8x R$ 323,37
9x R$ 287,44
10x R$ 258,70
11x R$ 235,18
12x R$ 215,58


  • Dúvidas? Ligue para Central de Vendas

    (21)2108 0300

    quem optou por este curso também escolheu:

    Curso Completo | Presencial
    Unidade Barra da Tijuca
    Área Segurança Pública

    valor

    12 x R$ 365,71


    notícias relacionadas

    CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DESTE CURSO

    DIREITO AMBIENTAL (12h)

    a. Princípios fundamentais do Direito Ambiental. b. Normas constitucionais relativas à proteção ambiental. c. Repartição de competências em matéria ambiental. d. Dano Ambiental e as responsabilidades administrativa, civil e penal. e. O Direito Ambiental Positivo.


    DIREITO ADMINISTRATIVO (32h)

    a. Organização Administrativa Federal. b. Princípios da Administração Pública. c. Administração Pública Direta e Indireta e Organizações Sociais. d. Atos Administrativos: conceituação e classificação. e. Processo Administrativo. f. Licitações e Contratos Administrativos. g. Sistema administrativo brasileiro. h. Concessão de serviços públicos, permissão e autorização. i. Responsabilidade civil da administração pública. j. Poder de polícia. k. Bens públicos: classificação e caracteres. Domínio público. l. Intervenção na propriedade e atuação no domínio público. m. Função pública e regime jurídico dos servidores públicos da União civis e militares. n. Controle da administração. Lei 12.527/2011. Lei 12.846/2013 o. Responsabilidade fiscal dos entes federados. p. Emendas Constitucionais 19 a 24 à CF/88 e o Direito Administrativo. q. Regulamento Disciplinar do Exército. r. Improbidade administrativa. s. Consórcios públicos e parcerias público-privadas. t. Agências reguladoras.


    DIREITO CIVIL (32h)

    a. Sujeitos de direitos e deveres: pessoa física e pessoa jurídica. b. Pessoa jurídica. Tipologia: associações, sociedades, fundações, organizações religiosas e partidos políticos. c. Contratos e suas espécies. d. Responsabilidade civil. e. Sucessões. f. Obrigações. g. Família.


    DIREITO PENAL (16h)

    a. Aplicação da lei: Princípios da legalidade e da anterioridade. Interpretação. Analogia. Lei penal no tempo e a lei penal no espaço. b. Crime: Conceito. Divisão ou espécie. Elementos. c. Ação (relação de causalidade). d. Tipicidade (tipo legal do crime). e. Licitude (causas legais de exclusão). f. Culpabilidade: Erro de tipo. Erro de proibição. Dolo. Culpa e causas legais de exclusão. g. Atos preparatórios e de execução. h. Consumação. i. Tentativa. Desistência voluntária e arrependimento eficaz. Arrependimento posterior. Crime impossível. j. Exaurimento. k. Concurso de pessoas. l. Imputabilidade Penal. Pena: privativa de liberdade. Restritiva de direito. Multa e aplicação da pena. l. Circunstâncias agravantes. m. Concurso de crimes e concurso de leis. n. Suspensão condicional da pena. o. Livramento condicional. p. Efeitos da condenação. q. Medidas de segurança. r. Extinção da punibilidade: Renúncia. Perdão. Perempção. Decadência e prescrição (ação e pretensão executória). s. Crimes contra a pessoa: Crimes contra a vida. Lesões corporais. Rixa. Crimes contra a honra. Crimes contra a liberdade individual. t. Crimes contra o patrimônio. u. Crimes contra a fé pública. w. Crimes contra a Administração Pública. v. Crimes hediondos. x. Crimes de abuso de autoridade. y. Crimes de tráfico de entorpecentes. z. Crimes políticos. aa. Crime organizado. bb.Crimes de lavagem de dinheiro.


    DIREITO PROCESSUAL PENAL (12h)

    a. Conceito. Finalidade. Caracteres. Princípios gerais. Fontes. Repartição constitucional de competência. Garantias constitucionais do processo. Aplicação da lei processual penal. Normas das convenções e dos tratados de Direito Internacional relativos ao Processo Penal e tratados bilaterais de auxílio direto. Convenção da ONU contra a corrupção. Cooperação Internacional - tratados bilaterais celebrados pelo Brasil em matéria penal. b. Persecução penal. Inquérito e ação penal. Procedimento. Garantias do investigado. Atribuições da autoridade policial. Intervenção do Ministério Público. Outros meios de colheita de indícios da infração. Sujeitos do processo. Juiz. Ministério Público. Acusado e seu defensor. Assistente. Curador do réu menor. Auxiliares da justiça. Assistentes. Peritos e intérpretes. Serventuários da justiça. Impedimentos e suspeições. Instrumentos legais de obtenção de prova: delação premiada, infiltração de agente policial em organizações criminosas, ação controlada. c. Jurisdição. Competência. Conexão e continência. Prevenção. Questões e procedimentos incidentes. Competência da Justiça Federal, dos Tribunais Regionais Federais, do STJ e do STF. Perpetuatio jurisdictionis. Conflito de competência. Procedimento da ação penal originária nos tribunais. Julgamento por colegiado de juízes (Lei nº 12.694/2012): competência e estrutura de funcionamento. d. Questões e processos incidentes. Questões prejudiciais. Exceções. Medidas assecuratórias: sequestro, hipoteca legal e arresto. Incidentes de falsidade e de insanidade mental do acusado. Restituição das coisas apreendidas. Perdimento. Alienação antecipada de bens. Provas. Procedimento probatório. Classificação. Prova testemunhal. Documental. Material. Ônus. Presunções. Indícios. Valoração. Provas ilícitas. e. Processo: finalidade, pressupostos e sistemas. Procedimentos: crimes apenados com reclusão, crimes apenados com detenção, contravenções, crimes de abuso de autoridade, crimes de responsabilidade, crimes contra o meio ambiente, entorpecentes, crimes contra a economia popular, crimes de imprensa, crimes contra o sistema financeiro nacional, homicídio e lesão corporal culposos, júri, crimes contra a honra. Os Juizados Especiais Federais Criminais - aplicação na Justiça Federal. Atos processuais. Forma. Lugar. Tempo. Despachos. Decisões interlocutórias. Sentenças. Comunicações, forma, lugar, prazo. Citações e intimações. Revelia. Fixação da pena. Nulidades. f. Prisão. Flagrante. Temporária. Preventiva. Decorrente de pronúncia, decorrente de sentença. Medidas cautelares diversas da prisão. Princípio da necessidade, prisão especial, prisão albergue, prisão domiciliar e liberdade provisória. Fiança. Execução das penas e das medidas de segurança. Execução penal: evolução e regressão, regimes de cumprimento da pena e incidentes; suspensão condicional da pena; livramento condicional; graça; indulto; anistia; reabilitação. Incidentes da execução. Remição. Inclusão e transferência de presos para presídios federais. g. Relações jurisdicionais com autoridade estrangeira. Cartas rogatórias. Homologação de sentença estrangeira. Extradição. Expulsão. Deportação. Recursos. Disposições gerais. Apelação. Recurso em sentido estrito. Protesto por novo júri. Embargos infringentes e de nulidade. Carta testemunhável. Recurso especial e extraordinário. Agravo em execução penal. Coisa julgada. Revisão criminal. h. Nulidades. Rol legal. Súmulas dos Tribunais Superiores. Habeas corpus. Competência. Natureza jurídica. Cabimento. Requisitos. Legitimidade. Objeto. Procedimento. Mandado de segurança em matéria penal. Cautelar em matéria penal. i. Juizados Especiais Federais Penais. O Conciliador. Quebra de sigilo: requisitos e limites. Quebra de sigilo fiscal, bancário e de dados. Interceptações de comunicação. j. Processo nos crimes de abuso de autoridade, de entorpecentes, de falência, de responsabilidade dos funcionários públicos, contra a honra.


    DIREITO TRIBUTÁRIO (16h)

    a. Sistema Tributário Nacional: limitações do poder de tributar; princípios do direito tributário; repartição das receitas tributarias. b. Tributo: conceito; natureza jurídica; espécies; imposto; taxa; contribuição de melhoria; empréstimo compulsório; contribuições. c. Competência tributaria: classificação; exercício da competência tributaria; capacidade tributaria ativa; imunidade tributaria; distinção entre imunidade, isenção e não incidência; imunidades em espécie. d. Fontes do direito tributário: Constituição Federal; leis complementares; leis ordinárias e atos equivalentes; tratados internacionais; atos do poder executivo federal com forca de lei material; atos exclusivos do poder legislativo; convênios; decretos regulamentares; normas complementares. e. Vigência, aplicação, interpretação e integração da legislação tributária. f. Obrigação tributaria: definição e natureza jurídica; obrigação principal e acessória; fato gerador; sujeito ativo; sujeito passivo; solidariedade; capacidade tributaria; domicilio tributário; responsabilidade tributaria; responsabilidade dos sucessores; responsabilidade de terceiros; responsabilidade por infrações. g. Crédito tributário: constituição de crédito tributário; lançamento; modalidades de lançamento; suspensão do crédito tributário; extinção do crédito tributário; exclusão de crédito tributário; garantias e privilégios do crédito tributário. h. Administração tributaria: fiscalização; divida ativa; certidões negativas. i. Impostos da União: imposto sobre a importação de produtos estrangeiros; imposto sobre a exportação de produtos estrangeiros; imposto sobre renda e proventos de qualquer natureza; imposto sobre produtos industrializados; imposto sobre operações de crédito, câmbio, seguro ou relativas a títulos e valores mobiliários; imposto sobre a propriedade territorial rural; imposto sobre grandes fortunas. j. Impostos dos estados e do Distrito Federal: imposto sobre transmissão causa mortis e doação de quaisquer bens ou direitos; imposto sobre operações relativas a circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação, ainda que as operações e as prestações se iniciem no exterior; imposto sobre propriedade de veículos automotores. k. Impostos dos municípios: imposto sobre a propriedade predial e territorial urbana; imposto sobre transmissão inter vivos, a qualquer titulo, por ato oneroso, de bens imóveis, por natureza ou acessão física, e de direitos reais sobre imóveis, exceto os de garantia, bem como cessão de direitos a sua aquisição; imposto sobre serviços de qualquer natureza. l. Processo administrativo tributário: princípios básicos; acepções e espécies; determinação e exigência do crédito tributário; representação fiscal para fins penais; delegacias da Receita Federal de Julgamento; conselhos de contribuintes; Câmara Superior de Recursos Fiscais. m.Processo judicial tributário: ação de execução fiscal; Lei n.o 6.830/1980; ação cautelar fiscal; ação declaratória da inexistência de relação jurídico-tributaria; ação anulatória de débito fiscal; mandado de segurança; ação de repetição de indébito; ação de consignação em pagamento; ações de controle de constitucionalidade; ação civil pública. n. Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (Lei Complementar n.o 123/2006). Ilícito tributário: ilícito administrativo tributário; ilícito penal tributário; crimes contra a ordem tributária; Lei n.o 8.137/1990.


    DIREITO CONSTITUCIONAL (40h)

    a. Constituição: conceito, objeto e elementos. b. Supremacia da Constituição. c. Hermenêutica constitucional. d. O controle de constitucionalidade no Brasil: modalidades. da. Controle difuso: características. db. Controle concentrado: características e principais ações (ADIn, ADC e ADPF). dc. Controle das omissões inconstitucionais: ADIn por omissão e mandado de injunção. e. Poder Constituinte Originário e Poder Constituinte Derivado, limitações expressas e implícitas ao poder de reforma constitucional. f. Sistema de freios e contrapesos. g. Normas constitucionais: classificação. h. Direitos individuais e coletivos. Princípio da legalidade e da reserva legal. Princípio da isonomia. Regime constitucional da propriedade. Princípio do contraditório, da ampla defesa e do devido processo legal. i. Direitos sociais. Direito à nacionalidade. Direitos políticos. j. Federação e sistema constitucional de repartição de competências. Intervenção federal. União Federal: competências. Estado-membro: autonomia, competências e poder constituinte estadual. k. Estado de defesa. Estado de sítio. Conselho da República. Conselho de Defesa Nacional. l. Poder Legislativo: organização, atribuições. Processo legislativo. Espécies legislativas. m. Poder Executivo: atribuições. Presidente da República e Ministros de Estado. n. Poder Judiciário: organização. Tribunais superiores: organização e competência. Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Tribunal Superior do Trabalho, Tribunal Superior Eleitoral. Conselho Nacional de Justiça. Tribunais e juízes militares. Superior Tribunal Militar: organização e competência. Atividades essenciais a justiça. o. Ordem econômica e financeira. Intervenção do Estado no domínio econômico. p. Direitos e interesses das populações indígenas. q. Forças Armadas.


    DIREITO DO TRABALHO E PREVIDÊNCIA (32h)

    a. Direito do trabalho. Conceito. Fontes: classificação, hierarquia e solução de conflitos. Princípios do direito do trabalho. b. Renúncia e transação no direito do trabalho. Comissões de conciliação prévia. c. Relação de trabalho. Relação de emprego. Distinção. d. Sujeitos da relação de emprego. Empregado. Espécies. Distinção dos demais trabalhadores (eventual, autônomo, de empreitada). Empregador. Grupo de empresas. Responsabilidade solidária e subsidiária. Sucessão. Desconsideração da personalidade jurídica. e. Contrato individual do trabalho: conceito, elementos e modalidades. Contrato de trabalho e contratos afins (locação de serviços, prestação de serviços, empreitada, sociedade, mandato, representação comercial e parceria rural). Cooperativas. Contratos especiais e profissões regulamentadas. f. Remuneração e salário. Conceito. Componentes do salário. Modalidades. Parcelas nãosalariais. 13º salário. Participação nos lucros e resultados. Equiparação salarial. g. Alteração do contrato de trabalho. Efeitos. Suspensão e interrupção do contrato de trabalho. h. Paralisação temporária ou definitiva do trabalho em decorrência do factum principis. i. Força maior no direito do trabalho. j. Extinção do contrato de trabalho. Espécies. Justas causas de despedida do empregado. Culpa recíproca. Despedida indireta. Dispensa arbitrária. Direitos do empregado decorrentes da extinção. Aviso prévio. Programas de demissão voluntária. k. FGTS. l. Estabilidade. Garantia no emprego. Despedida do empregado estável. Reintegração, readmissão e indenização. m. Duração do trabalho. Jornada de trabalho. Intervalos. Trabalho extraordinário e trabalho noturno. Sistemas de prorrogação e compensação de horas. Trabalho em regime de tempo parcial. Adicionais. n. Férias. Direitos do empregado, épocas de concessão e remuneração. o. Descanso semanal remunerado. p. Segurança e higiene do trabalho. Insalubridade e periculosidade. q. Trabalho da mulher. r. Trabalho do menor. s. Direito coletivo. Organizações sindicais: natureza jurídica, criação, administração e dissolução de sindicatos. Acordos e convenções coletivas de trabalho. Mediação e arbitragem. Direito de greve. Serviços essenciais. Condutas antissindicais e consequências. t. Direito processual do Trabalho. Fontes. Princípios. O jus postulandi. u. Justiça do Trabalho. Organização. Competência. As alterações introduzidas pela Emenda Constitucional n.º 45/2004. v. Seguridade. Natureza, fontes e princípios. Eficácia e interpretação das normas de Seguridade. 24. Regime geral. Segurados e dependentes. Inscrição e filiação. Qualidade de segurado. Manutenção e perda. x. Seguridade Social. Saúde, Previdência e Assistência. Distinções. y. Previdência Social Rural e Previdência Social Privada. Regimes especiais. Regime previdenciário do servidor estatutário. Previdência complementar. z. Custeio. Salário de contribuição. Limites. Reajustes. aa. Prestação. Carência. Benefícios. Renda Mensal Inicial. Aposentadorias, auxílios e pensões. Prescrição. ab.Cálculo de benefícios. Valor mínimo e máximo. Reajustes, revisões e valor real. ac. Serviços. Habilitação, reabilitação e serviço social. ad.Contribuições sociais. Natureza e espécies. ae. Ação previdenciária. Justificação. Tempo de serviço e tempo de contribuição. Juizado Especial Federal: questões previdenciárias.


    DIREITO INTERNACIONAL DOS CONFLITOS ARMADOS (8h)

    a. Direitos Humanos e Direito Internacional dos Conflitos Armados. b. O Direito da Haia e o Direito de Genebra. c. Acordos assinados pelo Brasil sobre Conflitos Armados. d. O uso da força na Carta das Nações Unidas.


    DIREITO INTERNACIONAL PENAL (8h)

    a. Direito internacional penal. Conceito. Evolução histórica da criação dos crimes internacionais. b. Tribunal Penal Internacional. Estatuto de Roma. Competência e penas.


    DIREITO PENAL MILITAR (32h)

    a. Conceito e definição doutrinária e legal de crime militar em tempo de paz. Critérios consagrados na doutrina para definir um crime militar. Transgressão disciplinar e crime militar. Hipóteses de competência da Justiça comum para processar e julgar crimes militares. Lei 9.099 e crimes militares. Lei Complementar n.97 (modificada pelas leis complementares 117 e 136) e crimes militares. Lei 6.880/80 e crimes militares (Estatuto dos militares). Critérios consagrados na doutrina para definir um crime militar. Caput do Artigo 9o do CPM, sua interpretação e aplicação. O assemelhado. aa. Inciso I do artigo 9o do CPM e sua interpretação e aplicação. Crime propriamente militar, militar próprio, essencialmente militar, puramente militar e impropriamente militar, militar impróprio, acidentalmente militar e impropriamente militar. Teoria do Cubo Impossível. Civis e crimes próprios militares. Crimes exclusivamente militares por falta indevida de previsão na legislação comum, decorrente da revogação do CP de 1969 sem ter entrado em vigor. ab. Inciso II do artigo 9o do CPM, sua interpretação e aplicação. Alínea “a” do Inciso II do artigo 9o do CPM, sua interpretação e aplicação. ac. Crime de Militar contra militar, ambos da ativa. Crime militar praticado por militar estadual (ou distrital) contra federal e vice-versa e justiças competentes. Casal de Militares, crime militar entre cônjuges e aplicação da Lei Maria da Penha nas justiças militares ad. Alíneas “b”, “c” e “d” do inciso II do artigo 9o do CPM, sua interpretação e aplicação. ae. Força nacional de Segurança Pública e Crime militar. Conceito de “assemelhado”. af. Alínea “e” do inciso II do artigo 9o do CPM, sua interpretação e aplicação. ag. Parágrafo Único do artigo 9o do CPM, sua interpretação e aplicação: crimes militares praticados por militares federais e por militares estaduais (ou distritais). Lei Complementar n.97 e Lei do abate (Lei 12.432/2011: tiro de destruição). ah. Caput do Inciso III do artigo 9o do CPM, sua interpretação e aplicação. Crimes praticados por civis, militares da reserva ou reformados contra as instituições militares nos termos do inciso III do art. 9o do CPM. ai. Alíneas “a”, “b”, “c” e “d” do Inciso III do artigo 9o do CPM, sua interpretação e aplicação. aj. Súmula Vinculante n. 36 do STF: Crítica, análise e aplicação. b. Crimes militares em tempo de paz: tipos penais. Parte especial do Código penal Militar. c. Crimes militares em tempo de guerra. Conceito e definição doutrinária de crime militar em tempo de Guerra. ca. Crimes militares em tempo de guerra. Conceito e definição doutrinária de crime militar em tempo de Guerra. Interpretação e aplicação do Caput do Artigo 10 do CPM e de seus incisos I a IV. cb. Aplicação dos tipos penais comuns em tempo de Guerra. Crime praticado em presença do inimigo. Crime em prejuízo de país aliado. Conceito de brasileiro e de nacional. Tempo de Guerra. Natureza da lei penal militar em tempo de Guerra. Aspectos gerais do direito penal militar em tempo de Guerra. d. Crimes militares em tempo de guerra: tipos penais aplicáveis em tempo de Guerra e Crimes da Parte Especial do Código Penal Militar. e. Aplicação da lei penal Militar. ea. Aplicação da lei penal Militar: doutrina e conceitos essenciais. eb. Lei Penal Militar no tempo. Doutrina e conceitos essenciais. ec. Princípio da legalidade. Início e fim da eficácia temporal da lei penal militar. Princípios que regem a lei penal militar no tempo. Hipóteses de conflitos temporais entre leis penais militares. Lei penal militar mais benigna. Lei penal militar intermediária. Combinação de leis penais militares. Eficácia temporal das leis penais militares temporárias e excepcionais. Eficácia temporal das normas penais militares em branco. Eficácia temporal das medidas de segurança. Tempo do crime militar. ed. Lei penal militar no espaço. Generalidades e noções preliminares. Princípios que regem a lei penal militar no espaço Princípio da Territorialidade da lei penal brasileira. Princípio da Extraterritorialidade da lei Penal Brasileira. Lugar do crime militar. Pena cumprida no estrangeiro. Eficácia de sentença penal estrangeira. Eficácia incondicional da sentença penal estrangeira. Eficácia condicional da sentença penal estrangeira. ee. Lei penal militar nas prerrogativas de função. Imunidades diplomáticas, parlamentares e judiciárias. Comandantes das forças armadas, Ministros do Superior Tribunal Militar e demais Oficiais Generais. Autoridades militares estaduais. ef. Disposições finais sobre a aplicação da Lei Penal Militar: Contagem de prazo, Prazos em matéria penal, Prazos penais e prazos processuais penais, Frações não computáveis das penas, Legislação especial (artigo 12 do CP comum e 17 do CPM), Infrações disciplinares, Equiparação a comandante, Conceito de superior, Nacionais e estrangeiros e Prevalência do Código Penal Militar. f. Teoria geral do crime militar. fa. Fato típico militar. Estrutura jurídica do crime militar. Fato típico militar. Tipo penal militar. Fato típico doloso. Fato típico culposo. fb. Antijuridicidade. Causas de exclusão de antijuridicidade no direito penal comum. Causas de exclusão de antijuridicidade no Direito Penal Militar. Excesso. Excesso no Direito Penal comum. Excesso no direito penal militar. Excesso doloso. Excesso culposo. Excesso acidental. Excesso escusável. fc. Culpabilidade. Culpabilidade no Direito Penal comum. Culpabilidade Militar. Causas da exclusão da culpabilidade no Direito Penal comum. Causas de exclusão da culpabilidade no Direito Penal Militar. fd. Conceito de erro. Erro jurídico penal militar. Erro no direito penal comum. Erro no direito penal militar. Iter criminis. Iter criminis no Direito penal militar e direito penal comum. Conceito e fases do Iter criminis. Tentativa. Desistência voluntária e arrependimento eficaz. Crime impossível. Arrependimento posterior. fe. Concurso de Pessoas. Concurso de pessoas no Direito Penal comum. Concurso de pessoas no Direito Penal Militar. Cooperação dolosamente distinta e Cabeças. g. Ação penal militar. ga. Ação Penal Militar. Espécies de ação penal militar. Princípios da ação penal militar. Condições gerais da ação penal militar. Rejeição da ação penal militar. h. Conseqüências jurídicas do delito militar. ha. Conseqüências jurídicas do delito militar. Espécies de pena no direito penal militar brasileiro. Aplicação da pena privativa de liberdade. Concurso de crimes. A suspensão condicional da pena (sursis). O livramento condicional. As penas acessórias. Os efeitos da condenação. As medidas de segurança. i. Extinção de punibilidade ia. Extinção de punibilidade. ib. Extinção de punibilidade no Código penal Militar. ic. Morte do agente. Anistia ou indulto. Retroatividade da lei. Prescrição. Causas que não estão no rol do artigo 123 do CPM. id. Comparação entre Código Penal comum e Código Penal Militar. j. Diferenças e semelhança


    DIREITO PROCESSUAL CIVIL (16h)

    a. Princípios gerais do Direito Processual: fontes e eficácia da Lei Processual. b. Jurisdição: conceito, princípios, espécies e limites. c. Competência: espécies, perpetuação, modificações, incompetência e conflito de competência. d. Ação: conceito, teoria, condições, classificação, elementos e cumulação de ações. e. Processo e procedimento: conceito, princípios, espécies, procedimentos sumário e ordinário, pressupostos processuais, formação, suspensão e extinção do processo. f. Sujeitos da relação processual: o juiz, órgãos auxiliares, partes, capacidade, representação, substituição processual, litisconsórcio e suas espécies, assistência e intervenção de terceiros. g. Atos processuais: forma, tempo, lugar, prazo, comunicação e nulidades. h. Petição Inicial: pedido, formas, causa de pedir, modificações do pedido e indeferimento da inicial. i. Resposta do réu: contestação, exceções, reconvenção e revelia. j. Providências preliminares e julgamento conforme o estado do processo. k. A Prova: espécies, objeto, ônus e valoração. l. Sentença e coisa julgada: estrutura, requisitos, classificação e defeitos da sentença. m. Recursos: generalidades, duplo grau, pressupostos, recurso adesivo, apelação, agravo, embargos de declaração, embargos infringentes, representação e correição. n. Processo de execução. o. Execuções Especiais: execução fiscal e execução de crédito hipotecário vinculado ao Sistema Financeiro de Habitação. p. Processo Cautelar: estrutura, espécies, liminar, peculiaridades, execução e recurso. q. Procedimentos especiais de jurisdição contenciosa: ação de consignação em pagamento, ação de depósito, ação de anulação e substituição de títulos ao portador, ação de prestação de contas, ações possessórias, embargos de terceiro, habilitação, restauração de autos e ação monitória. r. Mandado de segurança, habeas data, mandado de injunção, ação popular, ação civil pública, desapropriação e usucapião especial. s. Juizado Especial Federal.


    DIREITO PROCESSUAL PENAL MILITAR (16h)

    a. Da Lei de Processo Penal Militar e sua aplicação. b. Polícia judiciária militar. c. Inquérito policial militar: aspectos gerais. Procedimentos, atos probatórios e disposições a serem observadas no inquérito. Inquérito Policial Militar: Conceito. Finalidade. Caráter inquisitivo. Valor probatório. Conceito de indiciado, do procedimento do inquérito policial militar. Arquivamento de IPM, APF e outras instruções provisórias. Suficiência do auto de flagrante delito. Dispensa do inquérito policial militar: Casos. Prazos. Outros aspectos e peculiaridades previstos na legislação. d. Ação penal militar: Aspectos gerais. Ação Penal Militar: exercício, denúncia, Princípio da Obrigatoriedade, requisitos da denúncia, prazos, arquivamento e discordância do pedido de arquivamento, inépcia da denúncia, instauração do processo. Recebimento e rejeição da denúncia. e. Do foro militar: aspectos gerais. Competência das justiças militares (federal, distrital e estaduais). Jurisdição Militar. Justiças militares na constituição em vigor. Competência. Conflitos de competência. Manifestações sobre incompetência e recursos. Perda do posto, patente e graduação: militares federais, estaduais e distritais. f. Juiz, partes e auxiliares. Organização judiciária militar. Sujeitos processuais g. Atos probatórios. IPM e instruções pré-processuais e processos ordinário e especiais. h. Das medidas preventivas e assecuratórias em geral: aspectos, análise e aplicação os de todas as modalidades no processo penal militar. i. Da prisão e outras formas de restrição de liberdade: aspectos, análise e aplicação os de todas as modalidades no processo penal militar. Liberdade provisória. Emprego de força, algemas e uso de armas. Execução da sentença. j. Processos em espécie: Considerações gerais. Sistemas processuais, ritos processuais, processo ordinário, instalação do Conselho de Justiça, Citação, notificação, intimação, Efeito da citação, Espécies e formas de citação, Formas de intimação ou notificação, instrução criminal, processos especiais. Julgamento e sentença. Questões prejudiciais. Incidentes k. Processo de insubmissão e Processo de deserção. Todos os aspectos pré-processuais e processuais legais, teóricos e práticos de todas as modalidades. l. Nulidades. m. Justiça militar em tempo de guerra. n. Disposições finais e transitórias do CPPM. o. Ministério Público da União na Lei Complementar n.75: das disposições gerais (título I) e dos ramos do Ministério Público da União (título II). p. Controle externo da atividade policial em geral. Controle externo da atividade policial judiciária militar. q. Investigação direta pelo ministério público. r. Lei de organização judiciária militar ( Lei 8.457/92): 1) Parte I. Da estrutura da justiça militar da união: apenas Títulos I a IV. 2) Parte III. Da organização da justiça militar em tempo de guerra: integral. 3) Parte IV. das disposições gerais, transitórias e finais: integral. s. Diferenças e semelhanças entre o Direito Processual Penal Militar e o Comum.


    DIREITO PROCESSUAL TRABALHISTA (8h)

    a. Procedimentos nos dissídios individuais: reclamação; jus postulandi; revelia; exceções; contestação; reconvenção; partes e procuradores; audiência; conciliação; instrução e julgamento; justiça gratuita. b. Provas no processo do trabalho: interrogatórios; confissão e consequências; documentos; oportunidade de juntada; prova técnica; sistemática da realização das pericias; testemunhas. c. Recursos no processo do trabalho: disposições gerais: efeitos suspensivo e devolutivo; recursos no processo de cognição; recursos no processo de execução. d. Processos de execução: liquidação; modalidades da execução; embargos do executado; impugnação do exequente. e. Jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho: sumulas e orientações jurisprudenciais. f. Prescrição e decadência no processo do trabalho. g. Competência da justiça do trabalho. h. Rito sumaríssimo no dissidio individual. i. Comissão previa de conciliação nos dissídios individuais. j. Ação rescisória no processo do trabalho. k. Mandado de segurança: cabimento no processo do trabalho. l. Dissídios coletivos.


    GEOGRAFIA (16h)

    1. A Organização do Espaço Brasileiro. a) A integração brasileira ao processo de internacionalização da economia; o desenvolvimento econômico e social; e os indicadores sociais do Brasil. b) O processo de industrialização brasileira, os fatores de localização e as suas repercussões: econômicas, ambientais e urbanas. c) A rede de transportes brasileira e sua estrutura e evolução. d) A questão urbana brasileira: processos e estruturas. e) A agropecuária, a estrutura fundiária e problemas sociais rurais no Brasil, dinâmica das fronteiras agrícolas e sua expansão para o Centro-Oeste e para a Amazônia. f) A população brasileira: evolução, estrutura e dinâmica. g) A distribuição dos efetivos demográficos e os movimentos migratórios internos: reflexos sociais e espaciais. h) A divisão regional do trabalho: o Centro-Sul como pólo dinâmico da economia nacional. 2. A Questão Regional no Brasil a) A regionalização do país: sua justificativa sócio-econômica e critérios adotados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); as regiões e as políticas públicas para fins de planejamento. b) As regiões brasileiras: especializações territoriais, produtivas e características sociais e econômicas. 3. O Espaço Natural Brasileiro: seu aproveitamento econômico e o meio ambiente. a) Geomorfologia do território Brasileiro: O território brasileiro e a placa sulamericana; as bases geológicas do Brasil; as feições do relevo; os domínios naturais e as classificações do relevo brasileiro. b) A questão ambiental no Brasil. c) Os recursos minerais. d) As fontes de energia e os recursos hídricos. e) A biosfera e os climas do Brasil.


    HISTÓRIA DO BRASIL (16h)

    1. Brasil Colônia: administração, economia, cultura e sociedade a. As Capitanias Hereditárias e Governos Gerais. b. As atividades econômicas e a expansão colonial: agricultura, pecuária, comércio e mineração. c. Os povos indígenas; aldeamentos; ação jesuítica. d. As camadas senhoriais, os escravos e outros trabalhadores. e. A conquista dos sertões; entradas e bandeiras. f. O exclusivo comercial português. g. Os conflitos coloniais e os movimentos rebeldes de livres e de escravos do final do século XVIII e início do século XIX. h. A transferência da Corte portuguesa para o Brasil e seus efeitos; o período joanino no Brasil. 2. O Brasil Monárquico a. A independência do Brasil e o Primeiro Reinado. b. A Constituição de 1824. c. Militares: a Guarda Nacional e o Exército. d. A fase regencial (1831-1840). e. O Ato Adicional de 1834. f. As revoltas políticas e sociais das primeiras décadas do Império. g. Centralização x descentralização. h. A consolidação da ordem interna: o fim das rebeliões, os partidos, a legislação, o fortalecimento do Estado, a economia cafeeira, a tributação. i. Modernização: economia e cultura na sociedade imperial. j. A escravidão, as lutas escravas pela liberdade, o movimento abolicionista e a abolição. k. A introdução do trabalho livre. l. Política externa: as questões platinas, a Guerra do Paraguai e o Exército. m. O movimento republicano e o advento da república. 3. A República brasileira a. A Constituição de 1891, os militares e a consolidação da República. b. A “Política dos governadores”. c. O coronelismo e o sistema eleitoral. d. O movimento operário e. O tenentismo. f. A Revolução de 1930. g. O período Vargas (1930-1945): economia, sociedade, política e cultura. O Brasil na II Guerra Mundial. h. A crise do Estado Novo e a sua superação. i. O período democrático (1945-1964): economia, sociedade, política e cultura. j. A intervenção militar, sua natureza e transformações entre 1964 e 1985. As mudanças institucionais durante o período. k. O “milagre econômico”. l. A redemocratização. m. Os movimentos sociais nas décadas de 1970 e 1980: estudantes, operários e demais setores da sociedade. n. A campanha pelas eleições diretas. o. A Constituição de 1988.


    PORTUGUÊS (16h)

    1. Ortografia 2. Acentuação 3. Classe, estrutura e formação das palavras (morfossemântica) 4. A oração e seus termos (morfossintaxe) 5. Concordância verbal e nominal 6. Regência verbal, regência nominal e emprego de crase 7. O texto e a construção de sentidos 8. Coerência e coesão 9. Emprego dos tempos, modos verbais e vozes verbais 10. Pontuação 11. Fenômenos semânticos (metáfora, metonímia, sinonímia, antonímia, eufemismo, hiponímia, hiperonímia, ambiguidade, vaguidade, polissemia, homonímia, paráfrase). 12. Argumentação e pragmática (atos de fala, implicitação, dêixis, máximas conversacionais)




     Voltar ao topo